Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 29 de julho de 2010

2012 e agora?

    O apagão ocorrido na noite de terça, 10 de novembro, em 18 estados brasileiros, está longe do caos apresentado pelo diretor Roland Emmerich no filme 2012, que mostra em escala mundial a destruição do planeta em 21 de dezembro de 2012. A megaprodução custou US$ 200 milhões e supera as últimas obras de Emmerich; Independence Day (1996), ganhador do Oscar de efeitos especiais, Godzilla (1998) e O dia depois de amanhã (2004). O roteiro do filme-catástrofe é inspirado em Apocalipse, livro da bíblia que conta o fim do mundo e tem um final feliz. ‘2012’ é uma produção melodramática com cenas de ação e efeitos especiais. Seria o ano de 2012 o desfecho das escolhas que a sociedade tomou ao longo dos anos? A previsão da civilização maia estaria certa?
    Se o mundo acabasse em 2012, morreria o sonho de o Brasil sediar as olimpíadas de 2016, até porque, no filme, não fica pedra sobre pedra no Rio de Janeiro. A estátua da liberdade é destruída enquanto terremotos, tsunamis, gritos e dor estão por toda parte. O que há de verdade e exagero no filme? Realmente chegamos ao fim do mundo e o que acontecerá depois? Minutos antes da estréia, pelo menos 10 milhões de internautas tinham assistido ao trailer oficial de ‘2012’. A busca pelo tema chama a atenção até mesmo dos mais incrédulos. Ninguém quer sair de cena, ter sonhos e prazeres interrompidos, a menos que haja uma motivação sobrenatural, esperança a pesar da crise.
    Medo, insegurança, frustração, desapontamento, sentimentos que se traduzem em uma pergunta: e agora?  Essa é a indagação da humanidade. Quem nunca perguntou, mesmo que em silêncio, e agora? Imagine que você recebesse um torpedo, um e-mail, uma mensagem instantânea ou uma revelação a respeito do seu fim na história dessa terra, qual seria sua reação imediata? Pensaria em si ou nos outros? A todo instante somos estimulados a tomar decisões, ambas com conseqüências, muitas delas influenciam para a eternidade. Os livros Daniel e Apocalipse revelam o tempo do fim, mas não fazem referência ao dia, nem a hora de tal acontecimento. O retorno de Jesus Cristo é uma verdade velada e deturpada no cinema, na tevê e em grandes mídias, porém é verdade inegável. Enquanto escrevo este artigo, penso em milhões de pessoas que andam a procura de uma resposta.
    O mais importante não é a data do fim do mundo, é se você e eu estamos preparados para os últimos acontecimentos, se podemos trabalhar, estudar, viajar, construir relacionamento, perdoar, aceitar o perdão e amar sem reservas. Se Cristo voltar hoje, você está pronto?
                                      Copied and Posted By: ♠Marlon®

Nenhum comentário:

Postar um comentário